A realidade é tão real quanto observar um fractal por um caleidoscópio.

Arquivo para julho, 2011

Links Mayhem.

Teoria da Conspiração – Catolicismo à Brasileira

Textos para Reflexão – O Escultador da Realidade

Labirinto da Mente – Karate Kid I

Artigo 19 – Sou Ateu! Tudo bem, mas e daí?

Diário do Adeptu – A Verdadeira Magia

Jedi Teraphim – Prometea, se ela não existisse teríamos que inventá-la

Paradigma Divino – Arquétipos: Você conhece este homem?

O Alvorecer – Reencarnação e Carma

Ametista Artemisia – Grupos Cármicos

Hermetic Rose – Do Vampiro Histórico

Tudo sobre Magia e Ocultismo – Morte Psicológica

Idéia Biruta – Algo Sente

Autoconhecimento & Liberdade – O que é ego?

Legio Mundi

Universo Paralelo – 93

Zzurto – Meu corpo… Meu atanor…

Colunas:


Os Habitantes do Plano Astral

Post originalmente publicado no Teoria da Conspiração.

Este é um texto básico, mas muito importante, escrito por Beraldo Lopes Figueiredo, que eu considero um dos maiores especialistas em Projeção Astral do Brasil. Não é fácil classificar e ordenar os seres astrais, tal sua variedade e complexidade, mas podemos nos esforçar para isso, começando a dividi-los em 3 grandes categorias: Humanos, os não-humanos e os artificiais.
(mais…)


Belíssimo vídeo sobre os Chakras

Olá, jovens aprendizes padawan. Como alguns devem saber, nosso veículo de existência é composto de várias “camadas” como uma cebola. Essas camadas são chamados de corpos. Farei um post falando sobre isso mais tarde. Por enquando fique com os nomes deles: Corpo físico ou Denso, Corpo Vital ou Matriz Vital, Corpo de Desejos ou Astral e Mente ou Corpo Mental. Para que possamos trabalhar corretamente e viver em cada mundo, é necessário um destes veículos. Mas não se preocupem… Por sermos os mais avançados animais e ao mesmo tempo, o primeiro degrau da escada para Deus, temos todos eles. Mas o que todo mundo tem muita (não completa) afinidade é com o mais rude (não rudimentar) deles: o corpo denso. Ele e o corpo de desejos estão ligados através de um sutil conector que é o corpo vital. Para que esta conexão seja perfeita é preciso que tenha um fluxo de energia vital em perfeitas condições. Mas para isso, precisamos limpar o canal por onde esta energia flui (o Shushuma). Como tudo é dual, o fluxo de prana (energia vital), também o é. Id e Pingala são as duas nadis por onde esta energia, primariamente é especiada do universo. Id e Pingala são canais que fisicamente estão em nossas narinas. Fisicamente. Não realmente estão lá, mas sua representação física. Ou seja, é através da respiração consciente que limpamos este canal. Os chakras são os centros de energia por onde este fluxo é concentrado em certas partes do corpo. Não existem apenas estes sete, mas muitos. Estes sete são apenas os mais importantes para o fluxo de prana e libertação da consciência. Acredite, tem chakra pra tudo no corpo… (mais…)


Yggdrasil


Links Mayhem-

O Projeto Mayhem foi criado em Março de 2010 como centro de debates e discussões sobre temas Ocultistas e Herméticos. Agora, toda semana, os participantes do projeto divulgam os links mais interessantes para artigos nos blogs de outros participantes:

Teoria da Conspiração – Um Dragão na minha garagem

Idéia Biruta – Algo Sabe

Hermetic Rose – O Monge noviço e o Iogue

Labirinto da Mente – A Mente, o Corpo e a Vida

Textos para Reflexão – Rolando poliedros

O Alvorecer – Os Níveis do Ser Humano

Legio Mundi – A Astrologia é Casher?

Tudo sobre Magia e Ocultismo – O que tem de ocultista o filme Constantine?

Ametista Artemisia – Mantras para projeção astral

Diário do Adeptu – Ascese

Jedi Teraphim – A Tábua da Esmeralda

Paradigma Divino – O Mestre e as Ordens

Artigo 19 – Daath e a Travessia do Abismo

Colunas:

 

 


Promethea, se ela não existisse teríamos que inventá-la

Texto do Carlos Eduardo Couto – @EduMadhatter

Promethea e uma das criações de Alan Moore com desenhos de J.H. Williams III e Mick Gray , entre  Agosto de 1999 a Abril de 2005
contando com 32 Volumes, vencedora de diversos prêmios Eisner (Oscar dos
quadrinhos) e Harvey.

 

Sinopse:

 

Em uma Nova York contemporânea, mas com toques futuristas, a jovem Sophie Bangs estuda o mito de Promethea para um trabalho de faculdade. A personagem, segundo a própria
Sophie, apareceu em poemas do século XVIII, em tiras de jornal, revistas
alternativas e HQs. Disposta a concluir sua pesquisa, Sophie decide entrevistar
a viúva do último roteirista dos quadrinhos de Promethea. O que ela não sabe é
que, além de musa inspiradora do finado marido, a viúva é a última encarnação
do mito na Terra.

 

No entanto, ao se interessar por Promethea, alguém com incríveis poderes e muitos inimigos, Sophie acaba se tornando a nova versão da heroína, uma espécie de deusa.
Bastando para isto apenas a força do pensamento, da imaginação. O que é real e
o que é fantasia? Aturdida pela dúvida, Sophie antes de mais nada tem que
aprender a lidar com suas novas habilidades. E, para isso, ela precisa ir até o
mundo de Imatéria, o fabuloso mundo da imaginação, onde Sophie encontrará seres
fantásticos e encarnações anteriores de Promethea. Versões estas que ensinarão
à jovem tudo que ela precisa para saber para ser a heroína.

 

O que veremos na historia? (mais…)


A Tábua de Esmeralda

A Tábua de Esmeralda é um dos,  senão o mais importante achado para o hermetismo. Nele se encontra toda a sabedoria antiga da metalurgia espiritual resumida em apenas algumas frases. Podem parecer apenas frases arbitrárias colocadas poéticamente. Mas seu sentido é profundo se há algum conhecimento de hermetismo e alquimia. Sua importância é tamanha que atribuíram sua autoria ao Grande Hermes Trismegisto. Esta tradução é a de Johannes Hispaniensis. Século XVII.

(mais…)